SÉRIE//O SILÊNCIO COMO FORMA DE RESISTÊNCIA 

O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência
O Silêncio Como Forma de Resistência

Uma narrativa com fotografias de pessoas em locais contemplativos e em momentos em que estão sozinhas e em silêncio, seja durante um vagar sem destino concreto ou durante uma tarefa rotineira, esse silêncio como sendo um espaço privado que possibilita um respiro profundo, um momento íntimo para a reflexão, um tempo para organizar os pensamentos e sentimentos pessoais.

Como diz o pensador francês David Le Breton, “O caminhar, como o silêncio, é uma forma de resistência política, [...] uma maneira de manter a salvo uma dimensão interior frente às agressões externas. O silêncio permite-nos ser conscientes da conexão que mantemos com esse espaço interior, o silêncio a visibiliza, enquanto o ruído a esconde.”

As fotografias foram feitas no Brasil, Alemanha, Bélgica, França e Luxemburgo, e enquanto o artista caminhava sozinho e em silêncio.

(2010-2018) projeto contínuo
Fotografia

Tamanhos: 30x45cm e 45x60cm